Taxonomia no mundo Web

Ontem encontrei um arquivo sensacional sobre Taxonomia. Para quem não sabe o que significa o termo, vai a definição do Wikipedia:

Taxonomia (do Grego verbo τασσεῖν ou tassein = “para classificar” e νόμος ou nomos = lei, ciência, administrar), foi uma vez, a ciência de classificar organismos vivos (alta taxonomia). Mais tarde a palavra foi aplicada em um sentido mais abrangente, podendo aplicar-se a uma das duas, classificação de coisas ou aos princípios subjacentes da classificação. Quase tudo – objectos animados, inanimados, lugares e eventos – pode ser classificado de acordo com algum esquema taxonômico.

 


A Tabela períodia possui sua Taxonomia, lembra dos gases nobres?

Resumindo, classificação. Quando você “tagueia” seu blog, você está exercitando uma certa Taxonomia.

Desde comecei no mundo SharePoint vejo várias consultorias vender em propostas comerciais três itens: Governança, Taxonomia e  uma solução mirabolante (o que discordo completamente,  “estuprar a ferramenta”). Foi ai que comecei a estudar o novo assunto com desdem e por ironias do destino, cai em um projeto onde EU era o responsável por desenvolver a classificação do portal da empresa. “OMG, Google and Bing Help-me”

Pensei: Fácil! Basta ativar a TERM STORE  no SharePoint e lá estaria a Taxonomia prontinha para ser criada e preenchida pelo cliente.

Mas a vida é uma caixa de surpresas pequeno gafanhoto (já diria nosso ídolo  Joseph Klimber) e eu seria o responsável em auxiliar o cliente em levantar a classificação de sua empresa, e além disso implementar a Term Store (A parte mais fácil, diga-se de passagem)

Vamos lá. Para resolver esse pequeno problema,  comecei a leitura por artigos que um amigo muito bom na área indicou. Essas horas eu penso nos grandes amigos e influentes que encontramos na vida

http://webinsider.uol.com.br/?s=taxonomia&searchsubmit.x=12&searchsubmit.y=11

Pronto, já sei por onde começar. Partindo deste principio, as idéias começaram a clarear e depois de várias reuniões com o cliente, a tão sonhada classificação começou a surgir diante de nossos olhos.

Claro que o exercício leva um tempo, mas com a leitura deste segundo artigo, comecei a entender os paradigmas que envolvem dois tipos de classificação: A classificação por categorias e o que mais vemos hoje em dia e o que encontramos na TERM STORE do SharePoint, as famosas TAGs.

http://www.shirky.com/writings/ontology_overrated.html

Recomendo a leitura. Meus conceitos de classificação cairam e agora sou um novo homem🙂

Não adianta conhecermos a ferramentas se não sabermos o que fazer com ela. E além disso, defendo a idéia que todo técnico deve conhecer o negócio em que está se envolvendo.

Ainda tenho muito trabalho a fazer, mas confesso que essa experiência está sendo sensacional

Sobre matchboxt
Owner MatchBox

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: